petx baddog

Estalão do Jack Russell Terrier

standardbody lg
Entende-se por estalão de uma raça, a descrição mais ou menos pormenorizada das características morfológicas e comportamentais dessa raça. É uma criação britânica que serve essencialmente para o julgamento dos exemplares nas exposições e concursos de beleza e de trabalho.
 
Em 1911 foi criada a Federação Cinológica Internacional (FCI), entidade que passou a englobar a maior parte das associações nacionais dos países onde existe uma presença significativa de cães de raça. É o caso de Portugal, que se encontra federado na FCI através do Clube Português de Canicultura (CPC). No entanto a Grã-Bretanha, os Estados Unidos e o Canadá, países com grande peso na canicultura, não estão federados na FCI e contam com organismos próprios - o Kennel Club da Grã-Bretanha fundado em 1873, o American Kennel Club fundado em 1884 e o Canadian Kennel Club fundado em 1888. Daqui resultam, como não podia deixar de ser, algumas divergências, quer a nível dos estalões e do número de raças reconhecidas, quer até na nomenclatura utilizada que, apesar da colaboração entre estas entidades se ter vindo a acentuar, são difíceis de superar.
 
Aqui será apresentado o estalão oficial do FCI.
estalo
 

Aparência Geral

Forte, activo, ágil terrier de trabalho e com grande carácter com corpo flexível e de comprimento médio. Os seus movimentos inteligentes combinam com sua expressão perspicaz.

Cabeça

Crânio

Plano e de largura moderada, diminuindo gradualmente em largura para os olhos e estreitando-se para o focinho.

Stop

Bem definido, mas não pronunciado em demasia.

Trufa

Preta.

Chanfro

O comprimento do stop ao nariz deve ser ligeiramente mais curto do que do stop ao osso occipital.

Lábios

Bem aderentes e pigmentados de cor preta.

Maxilas e dentes

bite

Maxilares muito fortes, profundos, largos e poderosos. Dentes fortes; mordedura fecha em tesoura, i.e., os dentes superiores recobrem os dentes inferiores e estão inseridos ortogonalmente aos maxilares. Tendo em conta a imagem que se afigura acima, as duas primeiras configurações são aceitáveis, embora a "scissor bite" ou mordedura em tesoura seja preferível. As duas últimas imagens ("overshot" e "undershot") representam duas anomalias físicas genéticas, retrognatismo e prognatismo respectivamente. Estas são consideradas faltas graves.

Faces

Os músculos das faces (bochechas) devem ser bem desenvolvidos.

Olhos

Pequenos e escuros com expressão viva. Não devem ser proeminentes e as pálpebras devem ser aderentes. As bordas das pálpebras devem ser pigmentadas de preto. Em forma amendoada.

Orelhas

Semi-erectas ou caídas com boa textura e de grande mobilidade.

Pescoço

Forte e seco permitindo à cabeça ser portada com elegância.

Tronco

Dorso

Nivelado. O comprimento do garrote até à raiz da cauda é ligeiramente maior do que a altura do garrote ao chão.

Lombo / Rim

Deve ser curto, forte e bem musculado.

Peito

Mais profundo do que largo, com boa distância do chão, permitindo que a ponta do esterno esteja localizada a meio caminho entre o chão e o garrote. Costelas bem arqueadas desde a coluna vertebral, achatando nas laterais de forma a que o perímetro atrás dos cotovelos possa ser medido por duas mãos mais - cerca de 40 a 43 cm. A ponta do esterno está mais saída relativamente à ponta do ombro.

Cauda

Pode estar caída em repouso. Em movimento, deve ser erecta e, se ela for cortada (o corte tem que ser obrigatoriamente justificado e executado por um médico veterinário), a ponta da cauda deve estar ao nível da altura das orelhas.

Membros Anteriores

Braços

De suficiente comprimento e angulação para assegurar que os cotovelos estejam bem colocados debaixo do corpo.

Ombros

Bem inclinados para trás e não excessivamente musculados.

Antebraços

Linhas rectas desde os cotovelos aos dedos independente de vista frontal ou lateral.

Mãos

Redondas, duras, acolchoadas, sem serem de grandes dimensões. Os dedos são moderadamente arqueados, não virando nem para dentro nem para fora.

Membros Posteriores

Fortes e musculados, equilibrados em proporção com os ombros.

Joelhos

Bem angulados.

Metatarsos

Paralelos quando observados por trás.

Jarretes

De inserção baixa.

Pés

Redondos, duros, acolchoados, sem serem de grandes dimensões. Os dedos são moderadamente arqueados, não virando nem para dentro nem para fora.

Movimento

Livre e flexível.

Pelagem

Pêlo

Podem ser lisos, quebrados ou ásperos (de arame). Devem ser resistentes a intempéries. As características originais da pelagem não devem ser modificadas.

Cores

A cor branca deve ser predominante, com manchas pretas e/ou castanhas. As manchas castanhas podem variar do claro para castanho mais escuro.

Dimensões

Proporções Importantes

russell angulation jack

No conjunto é mais comprido do que alto, ou seja, é rectangular. A profundidade do tronco, do garrote ao ponto do esterno, deve ser igual ao comprimento dos membros anteriores do cotovelo ao solo. O perímetro atrás dos cotovelos deve ser de cerca de 40 a 43 cm.

Altura ao garrote

De 25 a 30 cm.

Peso

Equivalente a 1 kg para cada 5 cm de altura, i.e., 25 cm de altura do cão deve pesar aproximadamente 5 kg, e um cão de 30 cm deve pesar 6 kg.

Comportamento

Cheio de vida, alerta e activo com uma expressão perspicaz e inteligente. Corajoso e destemido, amigável, mas confiante.

Faltas

Qualquer afastamento aos pontos expostos, deve ser considerado como falta e penalisado na exacta proporção da sua gravidade e dos seus efeitos de saúde, bem-estar do cão e habilidade para executar o seu tradicional trabalho.

Para além disso, as seguintes deficiências devem ser particularmente penalizadas:

  • Falta das características típicas de um Terrier.
  • Falta de equilíbrio, ou seja, exagero em alguns pontos.
  • Movimento instável ou desleixado.
  • Boca com defeito.

Faltas Eliminatórias

Qualquer cão que apresentar anomalia física ou comportamental deve ser desqualificado.

Resumo Histórico

russelljohnfullbody

O Jack Russell Terrier é originário da Inglaterra do ano de 1800 graças ao esforço do Reverendo John Russell. Este Reverendo desenvolveu uma linhagem de Fox Terriers que pudesse acompanhar os seus cães de caça e que que fosse capaz de não só perseguir as presas como também de entrar nas suas tocas obrigando-as a ir de volta à superfície. Foram apuradas duas linhagens muito semelhantes com excepção do seu tamanho e proporções. O Parson Russel Terrier é maior, mais robusto, enquanto o Jack Russell Terrier é mais pequeno com um tronco mais alongado.

Outros

Utilização

Um bom cão de trabalho com boas competências de caça. Um excelente cão de companhia.

Provas de trabalho

Opcional

Nota

Os machos devem apresentar os dois testículos, de aparência normal, bem descidos e acomodados na bolsa escrotal.


 

Número do estalão 345

Data de publicação do estalão de origem em vigor 8 Outubro 2012

Tradução Livre do Autor

Fonte: Fédération Cynologique Internationale

ImprimirEmail

Deixe os seus comentários

Publicar comentário como convidado

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontado

Siga-nos nas Redes Sociais

Contacte com outras pessoas, obtenha as últimas informações, esclareça as suas dúvidas, ou simplesmente mostre ao mundo o seu amor pelo seu patudo! Subescreva os nossos vídeos no Youtube, torne-se fã no Facebook ou siga-nos no Twitter. Assim, tem a certeza que sabe tudo sobre nós em primeiro lugar.

         

ATENÇÃO Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização . Saiba mais sobre o uso de cookies.

Aceito os cookies deste site.